Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Covid-19 avança e religiosos protestam querendo aglomerar

Na última quarta-feira (03) representantes de 13 igrejas protestaram em frente a Prefeitura de Gravatá, agreste Pernambucano, pedindo o direito de cultuar todos os domingos.

Os pastores evangélicos estavam reinvindicando ao governo de Pernambuco para que se guiassem pelas ações do governador de São Paulo e de Angra dos Reis, que decretaram os cultos religiosos como atividades essenciais. Os religiosos foram recebidos pelo chefe do gabinete e pelo controlador do município de Gravatá onde discutiram o assunto por cerca de 1 hora. Segundo Brasílio Guerra, controlador do município de Gravatá, a prefeitura não pode alterar o decreto do estado.

É preciso lembrar que o vírus não faz distinção entre as pessoas religiosas, ele mata. O distanciamento social, uso de máscara, alcool 70% e bons hábitos de higiene são fundamentais. Nesse sentido, grupos religiosos como as Testemunhas de Jeová estão dando exemplo, pois não foi preciso que nenhuma autoridade decretasse o distanciamento. Eles mesmos, diante da gravidade da situação e visando proteger a vida, suspendenram a pregação e os cultos presenciais, e desde o começo da pandemia estão se reunindo via internet, e só pretendem voltar a se reunir presencialmente quando a situação estiver controlada.*

Segundo o site do Ministério da Saúde, foram 1.910 pessoas que morreram no Brasil na última quarta-feira (03). Os Hospitais estão entrando em colapso por causa da demanda de pacientes de modo que cada um precisa se conscientizar sobre a gravidade da situação.

compartilhe whatsapp

*O grifo é nosso.

Últimos Anúncios