Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Pernambuco ultrapassou 30 mil casos do Covid-19

Mais 794 casos e 98 óbitos devido à Covid-19 foram confirmados em Pernambuco nesta quinta-feira (28). Com isso, o estado passou a ter 30.713 confirmações e 2.566 mortes por essa doença causada pelo novo coronavírus. Esses números são contabilizados desde o início da pandemia, em março.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), dos 794 novos registros da Covid-19 em Pernambuco, 268 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 526 como leves. No acumulado, o estado totalizou 13.354 casos graves da doença e 17.359 leves.

Dos casos graves, 1.245 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar, segundo o governo. Outros 5.125 estão internados, sendo 213 em UTI e 4.912 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.

O boletim registrou mais 1.288 pacientes recuperados do novo coronavírus em Pernambuco, totalizando 11.390 pessoas curadas da Covid-19. Desse total, 4.418 são de casos graves e 6.972 casos leves.

Até esta quinta, os casos graves confirmados da doença estavam distribuídos por 159 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.
De acordo com o boletim divulgado nesta quinta, a taxa de ocupação-geral das unidades de tratamento de Coovid-19 ficou em 85%. Estavam com pacientes 96% das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 79% das enfermarias.


Mortes
Os novos óbitos confirmados são de pessoas que moravam nos seguintes municípios: Recife (38), Jaboatão dos Guararapes (15), Abreu e Lima (5), Camaragibe (3), Carpina (3), Igarassu (3), Cabo de Santo Agostinho (2), Garanhuns (2), Goiana (2), Limoeiro (2), Olinda (2), Paulista (2), Toritama (2), Vitória de Santo Antão (2), Água Preta (1), Águas Belas (1), Amaraji (1), Araripina (1), Camocim de São Félix (1), Caruaru (1), Cortês (1), Ilha de Itamaracá (1), Ipojuca (1), Itacuruba (1), Palmares (1), Passira (1), Timbaúba (1), além de duas (2) mortes de pacientes provenientes de outros estados.

As mortes computadas no boletim desta quinta ocorreram entre os dias 19 de abril e 27 de maio. Os pacientes tinham idades entre 29 e 100 anos de idade, além de um natimorto (sexo masculino) e uma criança de 1 ano, do sexo feminino.

Dos 98 pacientes que morreram, 49 apresentavam as seguintes comorbidades (outras doenças): hipertensão (28), diabetes (25), obesidade (10), doença cardiovascular (6), tabagismo/histórico de tabagismo (5), doença renal (2), leucemia (2), doença pulmonar obstrutiva crônica (1), doença de Alzheimer (1), doença hepática (1), asma (1), histórico de AVC (1), histórico de AVCI (1), síndrome demencial (1), infecção do trato urinário de repetição (1), trauma cranioencefálico grave (1), infiltração pulmonar (1), síndrome de lise tumoral (1), erisipela (1), histórico de câncer (1).

Segundo o governo, o mesmo paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham problemas pré-existentes e os demais estão em investigação pelos municípios.

As faixas etárias são: 0 a 9 (2), 20 a 29 (1), 30 a 39 (5), 40 a 49 (6), 50 a 59 (15), 60 a 69 (16), 70 a 79 (32), 80 ou mais (21).

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 7.855 casos foram confirmados e 7.240 descartados.

As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.

De: G1

Últimos Anúncios